BTC

Preço Bitcoin

BTC
|
4.4/5
CyberScope
4.9
24/06/2024
TokenInsight
3.9
10/01/2023
A classificação informada é um agregado coletado pela OKX das fontes disponíveis e se destina apenas para fins informativos. A OKX não garante a qualidade ou a precisão das classificações, que não devem ser entendidas como (i) consultoria ou recomendação de investimento; (ii) oferta ou solicitação de compra, venda ou reserva de ativos digitais; ou (iii) assessoria financeira, contábil, jurídica ou fiscal. Ativos digitais, incluindo stablecoins e NFTs, envolvem um alto grau de risco, podem flutuar muito e até perder valor. O preço e o desempenho dos ativos digitais não são garantidos e podem ser alterados sem aviso prévio. Seus ativos digitais não são cobertos por seguro contra perdas potenciais. Rendimentos passados não são indicativos de rendimentos futuros. A OKX não garante rendimentos nem pagamentos do principal ou de juros. A OKX não oferece recomendações de investimentos ou ativos. Avalie cuidadosamente se negociar ou manter ativos digitais é adequado para a sua condição financeira. Fale com seu consultor jurídico, fiscal, de investimentos para tirar dúvidas sobre suas circunstâncias específicas.
Mostrar mais
USD
USD
$60.341,40
+0,11%
1 h
24 horas
1 sem.
1 mês
1 ano
Todos

Dados de preço ao vivo de Bitcoin

O preço atual de Bitcoin é $60.341,40. Desde as 21h00 BRT, a Bitcoin apresentou alta de +0,12%. No momento, há uma oferta circulante de 19.716.287 BTC e uma oferta máxima de 21.000.000 BTC, o que representa uma capitalização de mercado totalmente diluída de $1.190,28B. Neste instante, a Bitcoin ocupa a 1 posição na classificação de valor de mercado. O preço de Bitcoin/USD é atualizado em tempo real.

Desempenho do preço de Bitcoin em USD

Período de tempoAlterar quantidadeVar %
Hoje$71,5000 +0,11%
7 dias-$4.788,50 -7,36%
30 dias-$8.821,10 -12,76%
3 meses-$9.126,70 -13,14%

Informações de mercado de Bitcoin

Alta/baixa de 24 h
Os maiores, menores e últimos preços em 24 horas
Baixa em 24 h$58.472,50
Último preço $60.341,40
Alta em 24h$63.317,70
Classificação do índice de popularidade
1
Classificação de valor de mercado
1
Valor de mercado
$1.190,28B
Taxa favoritada
Porcentagem de usuários que adicionaram esse ativo aos favoritos em relação a todos os usuários
99,99%
Maior alta até agora
$73.787,10
-18,23% (-$13.445,70)
14 de mar. de 2024 (3 meses atrás)
Maior baixa até agora
$67,8100
+88.885,99% ($60.273,59)
6 de jul. de 2013 (11 anos atrás)
Data ICO
31/10/2008
Preço ICO
O preço no qual essa cripto foi negociada pela primeira vez
$0,0025000
Oferta circulante
O montante dessa cripto disponível ao público no mercado
19.716.287 BTC
Valor de mercado em circulação
Valor de mercado = oferta circulante x último preço
$1.267,77B

Sobre Bitcoin (BTC)

O Bitcoin foi lançado em 2008 por uma entidade anônima conhecida como Satoshi Nakamoto. Por ser um formato descentralizado de criptomoeda e sistema de pagamento, o Bitcoin opera de forma independente, livre do controle de autoridades governamentais ou centrais.

Amplamente reconhecido como a criptomoeda pioneira, o Bitcoin desempenhou um papel central na formação do setor de cripto ao estabelecer uma base sólida e servir como catalizador para o surgimento de várias outras moedas digitais. A influência do Bitcoin hoje é fundamental para promover o crescimento e a evolução do ecossistema de cripto em geral.

Em 2009 surgiu o primeiro Bitcoin, marcando o início de uma era transformadora. Satoshi Nakamoto, que minerou aproximadamente um milhão de Bitcoins, desapareceu misteriosamente em 2010. Nakamoto confiou a chave de alerta da rede e o controle do repositório de código a Gavin Andresen, que se tornou o principal desenvolvedor da Bitcoin Foundation, uma organização sem fins lucrativos comprometida com o avanço e a promoção da rede Bitcoin.

O Bitcoin conta com um mecanismo de Prova de Trabalho (PoW) para segurança, com transações verificadas por uma rede de nós e catalogadas em um registro distribuído publicamente chamado blockchain.

Como criptomoeda pioneira, o valor do Bitcoin hoje se mantém consistentemente mais alto do que outros ativos de cripto. A cotação do Bitcoin ocupa o primeiro lugar em capitalização de mercado, ultrapassando o Ethereum (ETH) e o Tether (USDT). Além disso, o Bitcoin desempenhou um papel significativo na popularização da tecnologia blockchain, que desde então vem evoluindo e encontrando inúmeras aplicações além do domínio da criptomoeda.

Como o Bitcoin funciona

O Bitcoin opera em uma blockchain, um registro transparente que cataloga todas as transações da criptomoeda. A cada nova transação, a blockchain se expande adicionando blocos “concluídos”.

Cada bloco contém hash criptográfico, carimbo de data/hora e dados de transação de blocos anteriores. Ao utilizar a blockchain, os nós do Bitcoin discernem transações genuínas dos casos de gasto duplo, em que moedas que já foram gastas são reutilizadas fraudulentamente.

A propriedade e a governança da rede Bitcoin são descentralizadas, eliminando o controle de indivíduos ou entidades sobre as mudanças e atualizações. Além disso, o software de código aberto do Bitcoin permite que qualquer pessoa na comunidade forneça sugestões e versões alternativas.

O que é mineração de Bitcoin?

A mineração de Bitcoin é o processo de geração de novos Bitcoins por meio de operações computacionalmente intensivas. Os mineradores verificam e registram transações na blockchain e, em troca, recebem Bitcoins como recompensa.

Os mineradores usam software especializado para resolver problemas matemáticos e receber um número específico de Bitcoins. Esse sistema incentiva as pessoas a participarem de atividades de mineração, garantindo uma criação justa e previsível de novos Bitcoins.

Com o passar do tempo, o número de Bitcoins concedidos por cada bloco diminui devido ao ajuste da rede da taxa de adição de blocos na blockchain do Bitcoin. Atualmente, os mineradores recebem um prêmio de 6,25 Bitcoins por cada bloco que mineram.

Consumo de energia do Bitcoin

A operação da rede Bitcoin consome uma quantidade substancial de energia devido aos requisitos computacionais de execução dos computadores responsáveis por verificar e registrar transações na blockchain. À medida que a base de usuários da Bitcoin se expande e mais mineradores participam da rede, a demanda por energia necessária para sustentar a rede Bitcoin continuará a aumentar.

Os críticos levantam preocupações sobre a sustentabilidade desse consumo de energia e seu possível impacto ambiental. No entanto, os mineradores podem adotar fontes de energia alternativas, como solar ou eólica, para mitigar essas questões. Além disso, especialistas especulam que, à medida que a rede Bitcoin se desenvolve e amadurece, ela poderá se tornar mais eficiente em termos de energia.

O que é a Bitcoin Foundation?

A Bitcoin Foundation é uma organização sem fins lucrativos dedicada a promover a adoção e a compreensão do Bitcoin e da tecnologia blockchain. Fundada em 2012, seus principais objetivos são padronizar, proteger e promover o uso global da moeda criptográfica Bitcoin.

A fundação recebe apoio de várias entidades e indivíduos envolvidos no setor de Bitcoin, incluindo corretoras, carteiras, processadores de pagamento e desenvolvedores de software. Além disso, ela fornece bolsas para financiar projetos que se alinham à sua missão.

A Bitcoin Foundation opera com base em quatro princípios principais: priorizar a privacidade e a segurança dos usuários, defender a inclusão financeira, promover padrões técnicos e inovação e gerenciar de maneira responsável os recursos disponíveis.

Preço do Bitcoin e tokenomia

A demanda e o preço do Bitcoin são determinados por três fatores principais: seu uso como reserva de valor, sua inclusão como um ativo valioso em portfólios e sua utilidade como um sistema de pagamento. Fatores externos ao fornecimento controlado e à escassez do ativo também têm impacto sobre a cotação do BTC.

Uma característica diferenciadora do Bitcoin é sua oferta máxima de 21 milhões de tokens. Essa oferta limitada torna o Bitcoin um ativo deflacionário. Ao contrário das moedas fiduciárias, que podem ser criadas pelos bancos centrais, a oferta do Bitcoin é fixa, semelhante a ativos como o ouro, que têm uma quantidade limitada.

Ao longo dos anos, cerca de 20% dos Bitcoins foram perdidos. Essa perda pode ser atribuída a vários fatores, incluindo usuários que perdem suas chaves privadas, esquecem suas senhas ou que falecem sem compartilhar as informações da conta. Consequentemente, a oferta circulante do Bitcoin, agora, é mais reduzida, fazendo com que haja especulação sobre uma possível valorização.

Variações no preço do Bitcoin

A relação de oferta e demanda faz com que o BTC seja um ativo volátil, ou seja, a criptomoeda pode sofrer flutuações inesperadas. Uma vez que o trading de criptomoedas é puramente especulativo, o preço do Bitcoin pode aumentar significativamente em um período e cair em outro. Ou seja, um desempenho positivo no passado não garante que a cotação do Bitcoin seja tão atrativa no futuro. Lembre-se: o trading de criptomoedas é puramente especulativo, e é por isso que você nunca deve negociar com mais do que pode perder.

O que é o halving do Bitcoin?

O código do Bitcoin é projetado de maneira inteligente para reduzir gradualmente as recompensas de geração de blocos. Consequentemente, o montante de Bitcoin concedido aos mineradores pela adição de blocos é cortado pela metade a cada quatro anos aproximadamente ou a cada 210 mil blocos. Esse evento é conhecido como halving. O Bitcoin já passou por três halvings: em novembro de 2012, julho de 2016 e maio de 2020. O próximo halving deve ocorrer em abril de 2024.

Esses halvings são feitos para reduzir progressivamente a taxa na qual novos BTCs entram na oferta circulante. Com um limite total de 21 milhões, essa escassez controlada vai impactar positivamente o preço do Bitcoin.

Depois que todos os 21 milhões de BTC forem criados e distribuídos, não haverá novos prêmios em Bitcoin. Nesse momento, os mineradores dependerão apenas das taxas de transação como fonte de renda.

A recompensa por bloco do Bitcoin, hoje, é de 6,25 BTC. O próximo halving ocorrerá no início de 2024, reduzindo o prêmio a 3,125 BTC.

Historicamente, o preço do BTC costuma se recuperar após eventos de halving, embora os ganhos obtidos tenham diminuído a cada evento. O valor do BTC saltou mais de 12.400% após o primeiro halving em 2012, 5.200% em 2016 e 1.200% em 2020.

Sobre os fundadores

O Bitcoin foi criado por um indivíduo ou grupo anônimo chamado Satoshi Nakamoto. Em 31 de outubro de 2008, Satoshi revelou o influente whitepaper de Bitcoin intitulado "Bitcoin: A Peer-to-Peer Electronic Cash System". Vale mencionar que isso ocorreu em meio a uma crise financeira global, apenas seis semanas após a importante declaração de falência do Lehman Brothers. A contribuição visionária de Satoshi veio em uma conjuntura crítica, preparando o terreno para uma moeda digital que reformularia o cenário financeiro para sempre.

Em 3 de janeiro de 2009, Satoshi minerou o bloco gênese do Bitcoin, marcando o nascimento da primeira moeda digital descentralizada do mundo que opera independentemente de governos ou autoridades. O Bitcoin valia US$ 0 no lançamento, e as pessoas podiam facilmente obter novos BTCs por meio da mineração com computadores pessoais.

Posteriormente, Satoshi confiou a chave de alerta do Bitcoin e o controle do repositório de código a Gavin Andresen, que mais tarde assumiu a função de desenvolvedor líder na Bitcoin Foundation. O repositório Github do Bitcoin ostenta uma lista impressionante de mais de 750 colaboradores, incluindo indivíduos notáveis como Jonas Schnelli, Gavin Andresen, Marco Falke e Wladimir van der Laan.

Destaques sobre o Bitcoin

Adoção em El Salvador

A adoção do Bitcoin em El Salvador em 2021 marcou uma conquista significativa, pois o país se tornou o primeiro no mundo a adotar o Bitcoin como moeda corrente.

O presidente, Nayib Bukele, anunciou essa iniciativa na Conferência Bitcoin de 2021 em Miami, destacando o potencial do Bitcoin para impulsionar a economia da nação. Bukele afirmou que a adoção da Bitcoin reduziria as taxas anuais de remessa em aproximadamente US$ 400 milhões, o que, por sua vez, possibilitaria maiores transferências de fundos.

De acordo com a nova lei, todos os negócios em El Salvador precisam aceitar Bitcoin como forma de pagamento. Em consonância com essa decisão, o governo salvadorenho alocou US$ 150 milhões para um fundo para facilitar as conversões de dólar. O governo também introduziu uma carteira digital chamada Chivo, que significa "legal" na gíria salvadorenha, e incentivou os cidadãos com US$ 30 em Bitcoin a baixá-la.

Para garantir a acessibilidade, os salvadorenhos podem sacar fundos em dinheiro de 200 caixas eletrônicos em 50 localidades. O governo salvadorenho também fez uma compra significativa de 400 Bitcoins, valorizada em aproximadamente US$ 21 milhões no momento da compra.

<

Adoção na República Centro-Africana

Assim como El Salvador, a República Centro-Africana adotou o Bitcoin como moeda corrente em abril de 2022, tornando-se o primeiro país africano a fazê-lo. Essa movimentação progressiva solidifica o reconhecimento da criptomoeda como uma forma aceita de moeda na nação.

Impacto das celebridades no preço do Bitcoin

O Bitcoin tem passado por um aumento no interesse de compradores institucionais e do varejo, impulsionado em parte pelo entusiasmo de celebridades e um mercado favorável. Isso influencia a especulação e, consequentemente, a flutuação da cotação do Bitcoin.

Entre esses indivíduos influentes está o magnata da tecnologia, Elon Musk, CEO da Tesla. Jack Dorsey, cofundador do X, anteriormente Twitter, e da empresa de pagamentos Square, também tem sido um defensor franco do Bitcoin. Ele promoveu a criptomoeda ativamente em vários eventos e até tem colaborado com Jay Z na iniciativa BTrust, que visa promover o desenvolvimento do Bitcoin.

Outras personalidades notáveis como Mark Cuban e Snoop Dogg também expressaram seu apoio ao Bitcoin e acredita-se que possuam valores significativos dele.

Lightning Network

A Lightning Network, desenvolvida pela Lightning Labs, é uma solução de camada 2 construída sobre a rede Bitcoin. Ela foi lançada em março de 2018 para resolver o problema de escalabilidade do Bitcoin, permitindo transações mais rápidas e econômicas.

Considerado um revolucionário por alguns na comunidade Bitcoin, o Lightning Network entregou sua promessa de transações mais rápidas e ganhou popularidade. No entanto, há desafios relacionados a custos e segurança que permanecem, impedindo a adoção mais ampla.

Mostrar mais
Mostrar menos

BTC PERGUNTAS FREQUENTES

Quem criou o Bitcoin?
O Bitcoin foi criado por um indivíduo ou um grupo de pessoas conhecido apenas por Satoshi Nakamoto. Apesar do grande interesse, da especulação da mídia e das suposições, a identidade exata de Satoshi Nakamoto nunca foi revelada. Nakamoto deixou o projeto do Bitcoin em 2010 e enviou seu último e-mail público em 2011.
Como posso usar Bitcoin?

O Bitcoin pode ser usado para comprar bens e serviços on-line e off-line. Ele é aceito por mais de 15 mil empresas, incluindo Microsoft, Starbucks, Newegg, AT&T, Subway e Burger King.

Além disso, a Bitcoin pode ser transferida diretamente entre usuários sem intermediários, tornando-se uma forma de pagamento mais rápida, mais barata e mais segura do que as opções tradicionais, como cartões de crédito ou transferências bancárias.

Além do propósito do Bitcoin como um meio de troca, ele também pode ser guardado a longo prazo para gerar possíveis rendimentos.

O Bitcoin é aceito como uma moeda legal?

Atualmente, a Bitcoin é aceita como moeda corrente em dois países: El Salvador e República Centro-Africana. Essas nações adotaram a Bitcoin como moeda oficial, com El Salvador tomando a frente nessa iniciativa.

Como comprar Bitcoin?

É fácil comprar tokens BTC na plataforma de criptomoedas da OKX. Os pares de trading disponíveis no terminal de trading spot da OKX incluem BTC/USDT, BTC/USDC e BTC/DAI.

Você também pode comprar BTC com mais de 99 moedas fiduciárias selecionando a opção "Compra expressa". Outros tokens de cripto populares, como Ethereum (ETH), Tether (USDT) e USD Coin (USDC), também estão disponíveis.

Você também pode trocar as criptomoedas que já tem, incluindo XRP (XRP), Cardano (ADA), Solana (SOL) e Chainlink (LINK), por BTC com taxa zero e sem slippage de preço usando o OKX Convert.

Outro meio de comprar tokens de BTC é na Plataforma de trading P2P da OKX. O trading P2P permite que usuários comprem e vendam criptomoedas diretamente de outros usuários sem a necessidade de intermediários.

Para ver em tempo real os preços de conversão estimados entre moedas fiduciárias, como USD, EUR, GBP, entre outras, e BTC, acesse a Calculadora conversora de cripto da OKX. O câmbio de criptomoedas de alta liquidez da OKX garante os melhores preços para suas compras de cripto.

Como posso acessar o Bitcoin?

O Bitcoin pode ser adquirido por meio de uma exchange centralizada, como a OKX, usando moeda fiduciária ou outras criptomoedas, ou pode ser adquirido diretamente de outro indivíduo por meio de uma exchange descentralizada. Se você já possui uma criptomoeda como ETH, SOL ou USDT, também pode trocá-la por Bitcoin por meio de uma exchange descentralizada.

O Bitcoin pode ser obtido através da mineração do ativo, o que requer conhecimento especializado e o hardware e o software necessários. Enquanto isso, o Bitcoin pode ser comprado através de um caixa eletrônico físico de Bitcoin, embora não seja tão amplamente utilizado como as exchanges.

É seguro negociar Bitcoin?

A negociação de Bitcoin apresenta alguns riscos, incluindo ameaças à segurança cibernética e a potencial perda de seus fundos se o preço do Bitcoin cair. É importante lembrar que as criptomoedas são um ativo volátil e os preços podem flutuar inesperadamente.

Com a negociação de Bitcoin ocorrendo em plataformas digitais, existe o risco de fraude, golpes e hacks. No entanto, as principais bolsas implementam medidas para proteger os usuários destas ameaças. Também há muito que você pode fazer para se proteger como um trader de cripto, como usar autenticação de dois fatores e proteger diligentemente as chaves privadas e seed phrases da sua carteira.

O preço do Bitcoin sempre aumenta?
Simplificando, não. Bitcoin é um ativo volátil que sofre regularmente flutuações de preços. Embora o preço do Bitcoin tenha aumentado significativamente no passado, isso não é garantia de desempenho futuro. É importante ter em mente que o trading de criptomoedas é puramente especulativo, e é por isso que você nunca deve negociar com mais do que pode perder.
O Bitcoin e outras criptomoedas são ilegais?
O status legal das criptomoedas é diferente entre os países. A cripto é ilegal em alguns países, enquanto outros adotaram a tecnologia e implementaram regulamentações para gerenciar a indústria e proteger os usuários. Antes de tentar negociar, é aconselhável primeiro pesquisar o que a lei estabelece em relação à propriedade e negociação de criptomoedas e outros ativos digitais.
Quanto está valendo o Bitcoin hoje?
Atualmente, um Bitcoin vale $60.341,40. Aqui é o lugar certo para entender melhor a variação de preço do Bitcoin. Confira os gráficos atuais do Bitcoin e negocie com responsabilidade na OKX.
O que é criptomoeda?
Criptomoedas, como o Bitcoin, são ativos digitais que operam em registros públicos chamados de blockchains. Saiba mais sobre as moedas e os tokens oferecidos na OKX e seus diferentes atributos, que incluem preços dinâmicos e gráficos em tempo real.
Quando as criptomoedas foram inventadas?
Com a crise financeira de 2008, o interesse em finanças descentralizadas disparou. O Bitcoin oferecia uma solução inovadora por ser um ativo digital seguro em uma rede descentralizada. Desde então, muitos outros tokens, como Bitcoin, foram criados.
Calculadora de BTC
USDUSD
BTCBTC
1 BTC ≈ $60.341,40
Negociar
BTC/USDT
Spot
BTC/USDT
Margem
Perpétuo de BTCUSDT
Futuros perpétuos
BTCUSDT-28JUN24
Expiry
Opções simples de BTC
Opções
Mercado de bots de BTC
Mais
BTC-USDT
Copiar bot
Grid trading de spot
2.832
116,11%
% de PnL
BTC-USDT
Copiar bot
Spot DCA
58
103,52%
% de PnL